Início Destaques A GRANDE CONJUNÇÃO de JÚPITER / NETUNO em 2022

A GRANDE CONJUNÇÃO de JÚPITER / NETUNO em 2022

340
4

A conjunção de Júpiter com Netuno ocorre aproximadamente a cada 13 anos, mas somente a cada 165 anos ocorre em Peixes, signo que ambos os planetas regem. A próxima será em abril de 2022, e nós teremos a oportunidade de vivenciá-la. Isso é extraordinário!!! O que podemos esperar dessa experiência enquanto indivíduos e enquanto humanidade? Como será a experiência para cada um dos nativos do zodíaco? Veja abaixo mais detalhes…

– O que são Grandes conjunções e quais existem?

As grandes conjunções se referem aos encontros que ocorrem entre os planetas lentos do SS, também chamados de sociais e coletivos.

Sabemos que a Astrologia é feita de ciclos, desde o lunar, passando pelo solar, pelos ciclos dos planetas pessoais e, finalmente, pelos ciclos dos planetas sociais e coletivos. Para a Astrologia Mundial, a área da Astrologia que estuda a história das nações e os rumos da humanidade, quando ocorre uma conjunção entre os planetas lentos do Sistema Solar – Júpiter, Saturno, Urano, Netuno e Plutão -, refere-se a evento celeste de grande magnitude que acontece entre longos intervalos de tempo.

Tais encontros reverberam na Terra através de eventos sociais e coletivos, também de grande magnitude, que promovem mudanças significativas na História. Por exemplo entre janeiro e março de 2020 tivemos a tripla conjunção entre Plutão e Saturno em janeiro, que em março ganhou a presença de Júpiter.

Tal evento celeste e com tamanha proximidade não ocorria há muitos séculos e gerou aqui embaixo a pandemia, evento terrestre também de igual magnitude, que teve caráter planetário e universal, no qual ainda estamos inseridos,sabe Deus até quando.

 Recentemente, lançamos eu e a Marcia Mattos, minha parceria nesta empreitada, o livro Grandes ciclos planetários e seus efeitos sobre mapas individuais. Tal livro analisa o que tais conjunções e seus ciclos promovem nos mapas natais de indivíduos, já que também geram efeitos e características especiais em suas personalidades e vidas. Recomendo.

Apenas para citar quais são os grandes ciclos iniciados nas grandes conjunções entre cada um dos planetas sociocoletivos temos:

– Os encontros de Júpiter com Saturno, Urano, Netuno e Plutão;

– Os encontros de Saturno com Urano, Netuno e Plutão;

– Os de Urano com Netuno e Plutão;

– e por fim, o de Netuno com Plutão.

As Conjunções de Júpiter e Netuno

Nos últimos dois anos, tivemos várias grandes conjunções, a de Saturno e Plutão em janeiro de 2020, a tríplice conjunção em março de 2020 e depois ao longo do ano, várias vezes essa trinca se encontrou e já sabemos como isso reverberou por aqui;

Depois, tivemos a de Júpiter e Saturno em dez/2020, também chamada de Estrela de Belém. É claro que estamos vivenciando a chegada de um Novo tempo e muitos falam do início da Era de Aquário e quem sabe seja mesmo. Quem viver, verá!

(foto Peixes) São ao todo 10 grandes conjunções possíveis, como já vimos. E em 12 de abril de 2022, às 12hs GMT, em Londres e às 9hs, aqui em Brasília, teremos o próximo encontro entre Júpiter e Netuno, aos 23 graus do signo de Peixes.

Quem é Júpiter?

Segundo Junito de Souza Brandão, o famoso acadêmico carioca de Mitologia Grega, que inclusive tive a honra de conhecer e frequentar seus cursos…

(foto Zeus) Júpiter na mitologia romana ou Zeus na mitologia grega, é o deus dos deuses, o pai dos deuses e dos homens. Após vencer a luta contra os titãs pelo controle do Universo e de os ter vencido, Zeus passou a dividir o governo do mundo com seus irmãos Hades (Plutão) e Poseidon (Netuno), mas detinha em suas mãos a hegemonia do Universo.

Zeus era a personificação do céu luminoso, que com seu poder lançava raios, dissipava nuvens e fazia chover com abundância, fecundando a terra. Júpiter rege a expansão intelectual e espiritual, a sabedoria e os estudos superiores, as filosofias e religiões, a justiça e a ética. Mas tais regras não eram aplicadas a ele, que se considerava acima do bem e do mal, legislando o mundo do seu Olimpo.

Os Gregos o compreendiam como o grande deus de quem dependiam o céu e a terra. Era considerado o senhor dos fenômenos atmosféricos, o protetor do lar e símbolo da abundância, o defensor da pólis, da família e da lei e, ainda, o deus também da purificação e da mântica. É conveniente, deixar claro que o triunfo de Zeus, embora estabeleça a vitória da ordem sobre o Caos, como pensava Hesíodo, não redundou na eliminação pura e simples das divindades primordiais. Algumas delas, se bem que desempenhando papel secundário, permaneceram integradas ao seu novo governo, o governo do mundo e cada uma, a seu modo, continuou a contribuir para a economia e a ordem do Universo. Zeus instala no mundo uma ordem democrática, igualitária e livre, mas também autoritária, onde certamente a batuta central estava em suas mãos e mais do que tudo, o favorece.

Zeus teve inúmeras ligações amorosas, mas só um casamento com Hera, que era também sua irmã, com quem teve … filhos. As outras uniões refletem claramente hierogamias de um deus, senhor dos fenômenos celestes, com divindades olímpicas ou telúricas. De outro lado, como protetor da família e da polis, é necessário levar em conta que a significação profunda de “tantos aventuras amorosas” obedece antes do mais a um critério religioso (a fertilização da terra por um deus celeste) e, depois, a um sentido político: unindo-se a certas deusas locais pré-helênicas, Zeus consuma a unificação e o sincretismo que hão de fazer da religião grega um caleidoscópio de crenças, cujo chefe e guardião é ele mesmo” (1).

Júpiter e Marte

Júpiter é o maior e mais brilhante planeta do sistema solar e se traduz em nossas vidas pela nossa capacidade de expandir e por nosso potencial de obter sucesso e êxito como indivíduo e ser social. Júpiter é expansão, conhecimento, sorte, prosperidade, proteção e otimismo. O planeta representa a maneira como crescemos, expandimos e nos desenvolvemos no mundo.

No mapa astral, significa a capacidade que temos de obter êxito na busca por conhecimentos teóricos e práticos, culturais, científicos, filosóficos, religiosos, morais e éticos.

Júpiter é considerado o grande benéfico porque atrai oportunidades, sorte e prosperidade; o planeta emana simpatia e atrai ajuda, expansão, favorecimentos, facilidades, proteção e fertilidade na casa e nos assuntos regidos por ela. Onde ele habita em nossos mapas é o setor onde nunca teremos dificuldades de crescer e nos desenvolver.

Segundo Alexandre Ruperti no livro Ciclos de Evolução , a expansão propiciada por Júpiter deve ser co-pilotada por Saturno, que impõe regras para controlar tais padrões, estabelecendo os limites dentro dos quais Júpiter irá atuar.

 

E quem é Netuno?

Junito Brandão descreve que…

Netuno para os romanos ou Poseidon para os gregos, é o deus das águas, mas antes de mais nada, das águas subterrâneas. Quando o Universo, após a vitória de Zeus sobre os Titãs, foi dividido em três grandes reinos, como já se mostrou, Poseidon obteve por sorteio, mas para sempre, o domínio do branco mar. Embora tenha lutado valentemente contra os Titãs e “fechado sobre eles as portas de bronze do Tártaro”, o deus do mar nem sempre foi muito dócil à superioridade e à autoridade de seu irmão Zeus.

Como Zeus, o deus do mar também está ligado ao cavalo, ao touro e à Demeter, como divindade de fecundação. Casou-se com Anfitrite que foi mãe do “imenso Tritão, divindade terrível e de grandes forças, que habita com sua mãe e seu ilustre pai, um palácio de ouro nas profundezas das águas marinhas”.

No site da @infoescola, achamos ao seguinte relato:

 Poseidon teve muitos amores fora do casamento e teve outros filhos que ficaram conhecidos por sua crueldade, como os ciclopes e o gigante Orion. Com Atena, a deusa da sabedoria, disputou para ser a deidade da cidade hoje conhecida como Atenas, porém a deusa ganhou a competição e a cidade, o seu nome.Poseidon é também o pai de Pégaso, um cavalo alado gerado pela Medusa e por esse motivo sempre esteve muito ligado aos cavalos, sendo o primeiro a introduzi-los na região. Outro caso de amor muito conhecido de Poseidon foi com sua irmã Demeter, que para evita-lo se transformou em égua; ele por sua vez se transformou em um garanhão e com ela teve o encantador cavalo Arion.

Ainda em Junito, Poseidon reina em seu império líquido à maneira de um Zeus marinho, tendo por cetro e por arma o tridente, que os poetas dizem ser tão terrível quanto o raio de Zeus. Seu palácio faiscante de ouro era indestrutível e ficava nas profundezas de Egas, cidade da costa norte da Grécia, onde está localizado um de seus principais santuários. Percorria as ondas do mar sobre carruagens puxadas por seres monstruosos, meio cavalos/meio serpentes. Seu cortejo era formado por peixes e delfins, criaturas marinhas de toda espécie, desde Nereidas até gênios diversos como Proteu e Glauco.

Poseidon era um deus muito importante e celebravam em sua honra os jogos místicos, constituídos de competições atléticas, além de música e poesia, realizados de dois em dois anos. Olimpíadas?

Há ainda vestígios de um deus bem mais antigo, subterrâneo, ctônio que fazia a terra oscilar, quer se tratasse da seiva vital e abalos sísmicos, quer se tratasse de todas as águas que escapavam do seio da mãe-terra. Com os epítetos como “aquele que faz nascer, que produz algas”, Poseidon aparece igualmente como promotor da vegetação marinha e terrestre, sendo esta última alimentada pelas águas doces tidas como emanação do deus. “O sacudidor da terra”, era essencialmente ctônio, o que não significa infernal. Poseidon era senhor das águas terrestres, rios, nascentes, fontes e lagos e, só depois, na evolução de seu mito, tornou-se deus do mar, o grande inconsciente permeado de imagens fantasmagóricas e ilusórias das profundezas do oceano.

Netuno é um dos planetas do sistema solar que não se vê a olho nu e por isso o associamos com parte de nossa mente que não conhecemos – a mente inconsciente. Para entende-lo na pratica, imaginem somar a maternagem de Lua com a feminilidade de Vênus e elevar essa soma à enésima potência: obteremos Netuno!

Netuno (site de V. Tuleski)

Netuno é inspiração, mediunidade, hipersensibilidade, transmutação, integração e alquimia. O planeta rege a nossa hiperpercepção para captar os climas, o astral, a totalidade das situações e, principalmente, o que a realidade não está mostrando.

É a percepção extra-sensorial (PES), que todos nós possuímos, uns mais, uns menos e que pode nos conduzir a captações claras, sutis, precisas ou, ao contrário, nebulosas, difusas, confusas como as ilusões e fantasias.

Netuno rege as habilidades psíquicas que nos capacitam a ver o que não está escrito, ouvir o que não está sendo dito, perceber outras dimensões, captar a totalidade. É dotado de senso estético apurado, de acentuada noção de proporção, ritmo, cor e harmonia, além de imaginação ativa e criativa, inspiração, captação de imagens e impressões, adaptabilidade e ecletismo.

Netuno tem a capacidade de misturar, fundir, alquimizar ou ainda dissolver assuntos, elementos, atividades e produzir resultados inesperados. Tem visão de conjunto, compreende o todo e a interdependência dos elementos em jogo, levando em consideração a sociedade como um todo, assim como a multiplicidade de assuntos que se interdependem e inter-relacionam. Por isso mesmo, é o mais humanista dos planetas do sistema solar.

Lua Nova em Peixes

Cada vez que Netuno muda de signo, afeta a maneira como capturamos o nosso entorno. É o que vimos descobrindo ultimamente, desde a sua entrada em Peixes em 2008, signo que rege e que acentuou suas características. Entre elas podemos citar:

– o mundo se tornou definitivamente globalizado: as últimas barreiras de resistência de pequenas culturas e grupos estão sendo dissolvidas, enfraquecidas e, finalmente absorvidas pela contemporaneidade

– Inclusão é a palavra de ordem desde então

– Fenômenos de comportamento de massa, modismos, ideias e expressões tem se espalhado planeta afora em curtos espaços de tempo. Pessoalmente não tenho certeza se isso é bom ou ruim…

– As atividades artísticas, principalmente a música, as artes visuais e o cinema viveram, de lá pra cá, momentos de grande expressão, assim como tudo o que está associado à química, indústria farmacêutica e medicamentos, que tiveram crescimento expressivo, especialmente os genéricos. Todos esses são temas regidos pelo signo de Peixes.

– Outro tema importante são os gases e o petróleo: as hegemonias e ou restrições nestas áreas se dissolvem progressivamente.

No entanto, nem tudo são flores, já que Netuno é o planeta das águas, elemento que vem se tornando mais caro e precioso por um lado, mas que também prognostica que as águas vão rolar: enchentes, alagamentos, tsunamis, chuvas prolongadas e intermitentes vêm se ampliando e ampliando o surgimento de doenças e epidemias. A exploração dos mares e dos oceanos vem se ampliando também, assim como todas as atividades que deles derivam.

E, recentemente a pandemia pode ser um dos exemplos, já que o planeta rege também a contaminação e seu antídoto, ou sua cura a vacinação.

O mais interessante é que ele nos fez buscar mais sentido e significado para a existência, nos fez voltar a sonhar e a ter o desejo de nos encantar com a vida; voltamos a ansiar por viver paixões e romantismos, a nos sentir inspirados, a ter contato direto com pessoas e com a natureza, a valorizar o repouso, o silêncio, o bem-estar e os refúgios paradisíacos.

Sensibilidade (imagem da revista Bula)

Houve um aumento da sensibilidade em relação ao alheio, um aumento de percepção de que tudo está conectado como num grande organismo que pulsa junto e surgiu nova maneira de pensar, um pensar sistêmico para um ser humano mais espiritualizado e sensível. As terapias sistêmicas vêm ganhando cada vez mais espaço.

O efeito colateral disso tudo é que as drogas, as substâncias químicas, os entorpecentes, os alucinógenos e os anestésicos da realidade também estão em alta, além da crescente marginalidade.

Ruperti comenta: Netuno é o complemento de Urano e, juntos, mostram como a personalidade, condicionada por Saturno e influenciada pelo seu ambiente social e geográfico, pode se tornar um indivíduo capaz de organizar sua vida, integrando-se à realidade universal.

No nível Júpiter/Saturno, a pessoa é desafiada a se tornar um indivíduo maior e melhor. No nível Urano/Netuno, ela é desafiada a se tornar maior do que um indivíduo. Conforme amadurece, a pessoa vai mudando seu quadro de referências e sua vida assume significados no âmbito social e coletivo. Os desejos do “eu” tornam-se secundários e a consciência encontra significado em valores que envolvam uma realidade maior, compreendendo que deve caminhar na direção de “trabalhar” para todos e não apenas para si mesma.

E o que podemos esperar dessa conjunção em 2022?

 Júpiter traça uma órbita de aproximadamente 12 anos em torno do Sol. Portanto sua passagem por cada signo do zodíaco demora um ano, o que poderia ser de pouca força para imprimir características tão determinantes, como ocorre com os outros planetas exteriores. Mas Júpiter também não é tão rápido assim, que sua proximidade ou seu relacionamento com os pontos ou planetas principais do mapa, não se faça sentir.

Como a órbita de Netuno em torno do Sol é de 165 anos, estas conjunções dividem o seu ciclo em 13 períodos de 13 anos aproximadamente. Por isso mesmo, esta conjunção parece estar ligada ao simbolismo do número 13, que por sua vez é ligado a Cristo, sendo o 12, o número da perfeição e dos apóstolos e o 13, o número da transcendência, ou da capacidade de vencer a morte e suas limitações em todas as dimensões.

Pelo cruzamento dos ciclos dos dois planetas, a conjunção entre eles no signo de Peixes se dá a cada 165 aproximadamente. A última foi 1856 e a próxima será em 2022, tendo 166 anos entre uma e outra. Podemos aguardar que tenhamos transformações profundas, assim como vivencias espirituais extraordinárias, milagres, transcendências, sacrifícios, desafios e muitas bênçãos e bem-aventuranças!

Princípios convergentes

princípio de convergência (do site da asmetro.org,br)

Há conjunções entre planetas que defendem princípios antagônicos ou divergentes e há outras que defendem princípios convergentes, como é o caso de Júpiter/Netuno. E como ambos se identificam com positividade, citamos no nosso livro que Júpiter e Netuno e a sua somatória pode ser considerada como a presença de um anjo da guarda de plantão nos protegendo em tempo integral.

J e N são planetas representam princípios absolutamente convergentes. Primeiro, o J é o antigo regente de Peixes e o atual corregente de Peixes; ambos são capazes de reger e dominar as mesmas qualidades; ou melhor, os dois juntos funcionam muito bem : um amplia ou insufla o princípio do outro.

O ciclo J/N dá à humanidade uma possibilidade de transcendência de inúmeros assuntos que estão pendentes, tanto do ponto de vista coletivo quanto pessoal.

Sistema Solar

Afinal de contas, vimos de um período em que ocorreram várias grandes conjunções entre planetas coletivos – a tríplice conjunção entre Saturno/Plutão/Júpiter em Capricórnio, em março de 2020 (referente a pandemia), que também envolveu Netuno e Marte, a conjunção de Júpiter/ Saturno em Aquário em dezembro de 2021 (referente ao advento das vacinas e de um novo tempo em termos de ciência e tecnologia), além da grande tensão entre Saturno e urano durante todo o ano de 2021, que significa uma grande ruptura com o passado, ou grande mutação em direção ao futuro.

No ano que vem, com a grande conjunção entre Júpiter/Netuno, veremos como realmente estamos atravessando um período divisor de águas e na experiência humana aqui na Terra: estamos inaugurando uma nova fase da nossa civilização. Se é para melhor ou não, só o tempo dirá, mas sem dúvida será diferente e teremos a oportunidade de habitar o planeta e de conviver entre nós, no mínimo de forma mais consciente, quiçá mais justa e igualitária. Com a entrada de Plutão em Aquário em março de 2023 e definitivamente em janeiro de 2024, uma nova forma de vida no planeta estará sendo inaugurada. Até lá, estamos em processo, em transição, em transformação.

A conjunção de Júpiter/Netuno tende a nos renovar a fé e a esperança num mundo melhor. É claro que esta oportunidade gera ansiedade e esse encontro sempre leva a resultados positivos, seja a médio ou longo prazo. Se bem que seu efeito imediato pode atrair a expansão de aspectos netunianos, caóticos, tóxicos, de idealização excessiva, assim como ilusões e sonhos delirantes, dependendo doa casa em que ocorrer para cada indivíduo, seja uma pessoa, nação, projeto e etc.

Podemos ainda relacionar seus efeitos colaterais com superprodução, inflação ou proliferação descontrolada de bens e valores de todo tipo, seja intelectual, cultural, religiosa, artística, psicológica, social ou econômica. E isso tem seus prós e contras, é claro!

Mas também, essa conjunção sempre introduz novas tendências de expansão social, cultural e espiritual, havendo o perigo de superdimensionamento de capacidades e de se aventurar por caminhos que ultrapassem os limites da vida e da personalidade, trilhando percursos insalubres e inflacionários. Não se pode negar…

Do ponto de vista humanístico, o que está sendo netunizado é o desejo jupiteriano de crescer e se expandir. No nível biológico, a multiplicação acelerada e exagerada de Júpiter pode ser perturbada por Netuno e levar a vários tipos de tumores.

No plano social traz grandes sonhos e ilusões reformadores de estruturas sociais que supostamente acabarão com a miséria e a fome humanas provocadas pelos males econômicos e políticos.

Normalmente os visionários que encabeçam essas reformas, apresentam suas propostas cedo demais, como foi o caso de Karl Marx no Manifesto Comunista em 1848, que aliás é sincrônico com a descoberta do próprio planeta em 1846, no signo de Aquário. Em 1848, Netuno já havia adentrado o signo que rege, Peixes.

Do ponto de vista cíclico, Netuno encontra Júpiter uma só vez em cada signo que atravessa e a casa do mapa em questão em que acontece essa conjunção é o ponto alto da sua presença naquele signo. Este aspecto no mapa dos indivíduos traz as características já referidas acima, que se manifestam sempre sob alguma forma de inflação do eu e desejos de transcendência.

Essas tendências serão vividas nos setores da vida em que estes planetas estão transitando no mapa de cada indivíduo e sempre trazem uma grande sensação de proteção espiritual, autoconfiança e sorte nos contatos positivos, como é o caso da conjunção e aspectos harmônicos; e sensação de descontrole e exagero nos aspectos tensos.

Como a conjunção é uma somatória dessas energias, o aspecto é de grande positividade devido à harmonia dessa aliança. Mas podemos também considerar que podem ocorrer efeitos colaterais de exagero e deformidades por ocasião do encontro.

Segundo Marcia Mattos, não devemos esquecer que planeta gera evento, gera movimento. Não é uma sensação, um estado de espirito, uma percepção da alma ou vibração do sujeito. O planeta provoca, produz e faz acontecerem coisas nas nossas vidas. Por isso, uma conjunção de J/N fabrica eventos na vida do sujeito que trazem bonança, bem-aventurança, prosperidade, proteção.

imagem de www.3.bp.blogspot.com

J e N são planetas representam princípios absolutamente convergentes. Primeiro, o J é o antigo regente de Peixes e o atual corregente de Peixes; N é o atual regente de Peixes. Então, eles já têm, pra começar, uma aliança, um absoluto parentesco, ambos são capazes de reger e dominar as mesmas qualidades; ou melhor, os dois juntos funcionam muito bem sobre as mesmas qualidades. Juntando os dois: um amplia ou insufla o princípio do outro.

De qualquer maneira o J/N significa que quando se entra num fluxo, numa situação de avanço ou favorecimento, as circunstâncias começam a ceder para que não haja obstáculos. Quando se está numa situação de explorar, avançar e progredir, não há dificuldades. Não é possível pensar que não pode, que não vai dar, que não se sabe como vai se dar o resto.

Essa conjunção junta crescimento com fluidez. E é óbvio que o efeito é multiplicador.  A conjunção é harmônica porque os planetas têm uma combinação química que vai fazendo com que qualquer coisa dê certo. E funcionam bem juntos porque são regentes de Peixes, o signo da química e da alquimia. Netuno vai atraindo elementos que se combinam e vai fazendo a síntese do Júpiter, da expansão. Vamos imaginar uma amálgama: ele vai alquimizando os elementos em volta que se combinam perfeitamente.

Júpiter, Saturno, Urano e Netuno

Outra característica é que J/N quer dizer crescimento sem limites, expansão sem freios. Nós tivemos essa conjunção pela última vez em 2009, em Aquário, por exemplo. Aliás, essa conjunção se deu em cima da casa I e do ascendente do Brasil: tivemos crescimento por aqui, maior nas áreas de tecnologia, de mídias, de formas de contato e comunicação; surgiram mais pessoas frequentando sites sociais, redes sociais, sites de relacionamento, e o fenômeno foi justamente a partir dessa conjunção de J/N em Aquário pra cá.

mapa geográfico do Brasil

Enquanto o mundo inteiro sofria com a grande crise de 2008 a 2010, que abalou muitos alicerces no mundo inteiro…, mas nós estávamos justamente com J/N na I, no ASC do mapa do país, em 2009. Tivemos uma crise, houve adversidades…, mas alguma coisa a minimizava, algo favorecia o país… Tivemos crescimento econômico, tecnológico, social, cultural e na área da educação. Passamos bem por aqui enquanto o mundo todo sofria…

Palavras-chaves desse encontro são: Fé. Esperança. Plenitude. Escapismo. Abrangência. Totalidade. Elevação espiritual. Visão humanista da vida. Talento. Grandes sonhos, irrealidade, especulação. Idealismo, humanitarismo, interesse pela natureza. Dependência e comodismo. Generosidade, compaixão e simpatia. Cuidados com fígado, excesso de consumo de alimentos, bebidas e drogas. Riqueza. Interesse por ocultismo, religiões, metafísica e arte.

Para terminar, os indivíduos que já são portadores dessa conjunção em qualquer signo, serão especialmente agraciados por essa conjunção. E devem ter hoje ter ao redor de 13, 26, 39, 52, 65, 78, 91 anos e por aí vai.

Astrologia Pessoal

Vamos examinar abaixo essa conjunção pela casa em que se localiza no mapa. Procure ler abaixo, o texto referente ao seu signo ascendente:

Na casa I/ascendente em Peixes – oportunidades e desenvolvimento de caráter pessoal que possam trazer mudanças na aparência física, na saúde ou na personalidade que acabam afetando toda a vida; dependendo do ângulo que faz com as casas VII, X e IV. É preciso ficar atento aos sinais: convites e oportunidades que surgem em várias áreas.

Na casa II/ascendente Aquário – incremento, oportunidades e mudanças positivas na maneira como produzo, como ganho, gasto, me sustento, cuido das minhas finanças, podendo inclusive incluir mudança ou ampliação de profissão ou otimização de equilíbrio das contas e de entradas de recursos em geral, não apenas dinheiro. Os temas com os quais posso angariar recursos mudam.

Na casa III/ascendente Capricórnio – oportunidades de crescimento e aquisição de conhecimento, novos estudos, interesses, pessoas, espaços, nova língua, novos hábitos, horários, realidades e lugares com novos desafios positivos; pode refletir também na maneira como passa-se a avaliar o mundo e universo de interesses muda. Podem refletir também nas mesmas ou novas oportunidades para irmãos, colegas, vizinhos e iguais.

 Na casa IV/ascendente Sagitário oportunidades de mudanças positivas na casa, na família, no patrimônio familiar e nas relações familiares, aquisição de imóveis e oportunidades para toda a família crescer e se desenvolver, como novos lugares, mudanças de casa, cidade e até país, além de maneiras de viver e conviver, normalmente próximas às aguas. Também pode ser a chegada de nova pessoa em casa.

Na casa V/ascendente Escorpião – oportunidades de ampliar os afetos e a criatividade, de mudanças positivas que trazem novos interesses vocacionais e profissionais, ou na maneira como me expresso e crio o meu entorno; oportunidades e mudanças na relação com filhos (incluindo novas formas de ter filhos), obras e prazeres e afetos. Passo a me envolver mais com assuntos culturais, artísticos, humanitários ou assistenciais.

Na casa VI/ascendente Libra – oportunidades de mudança e crescimento no dia a dia, nos hábitos, nos horários e rotinas, incluindo saúde, regimes alimentares, hábitos e sono;oportunidades de crescimento e mudanças no trabalho e na maneira como trabalha ou no local de trabalho, no assunto com que trabalha; novas profissões, novas atividades. Convém ficar de olho na saúde e na falta de precisão dos diagnósticos.

Na casa VII/ascendente Virgem – oportunidades e surgimento de novas relações com novos parceiros, sócios, clientes, ou na maneira como se relaciona com eles, ou com quem se relaciona, visando a empreender junto e desenvolver novas formas de trocas com parceiros. Podem ser oportunidades de trabalho em consultoria e relações públicas. Parcerias, sociedades e casamentos que podem se dar sob clima de romantismo ou excesso de ilusão.

Na casa VIII/ascendente Leão – podem surgir maneiras novas de lidar com crises, maneiras que aprofundem temas radicais, ou de caráter psicológico, psíquico ou neurológico; podem ocorrer processos terapêuticos, de limpezas do que não serve mais; heranças, aposentadorias, pensão, investimentos, bolsas de estudo, negociação de dívidas podem surgir do nada.

Na casa IX/ascendente Cânceroportunidades de adquirir conhecimento, de fazer estudos e viagens, de concorrer a concursos, viagens e estágios que ampliem sua visão de mundo, aperfeiçoem a filosofia de vida e valores éticos, morais e de justiça; novas áreas ou território são explorados, pode haver migração para outros sítios, novas religiões, filosofias e estudos culturais; relações com o exterior.

Na casa X/ascendente Gêmeos mudanças e oportunidades novas na carreira, no emprego, no destino, no futuro que vem com bastante facilidade, a aponto até de se desconfiar se são reais. Carreira pode exigir mudança de postura, abertura de crenças e de mente para aceitar novos desafios e convivência com novo tipo de pessoas ou de assunto. Tais mudanças podem afeta rtambém as relações com outros ângulos e temas do mapa: ASC, DSC, FC.

Na casa XI – ascendente em Tourosurgem novas oportunidades de frequentar grupos ou coletivos ou de participar de atividades de caráter social, coletivo, político em prol de grupos sociais, de amigos ou minorias, tais como empreender ou dirigir pequenos grupos; candidatar-se a cargo legislativo, gestão de ONG ou instituição pública, seja como voluntário, associado ou profissional.

Na casa XII/ascendente Áriesmudanças aqui podem ser de caráter mais público ou mais espiritual, caso seja consciente; ou absolutamente imponderável ou imprevisível, se for inconsciente; pode-se atrair toda sorte de experiências, vivencias, incidentes e etc…, sem ter qualquer consciência do tamanho e da dimensão do que poderá vir a ser.

Astrologia Mundial

Vamos falar abaixo do último ciclo dessas conjunções de J/N desde 1846, quando Netuno foi descoberto em Aquário.

O planeta Netuno

1846 – Netuno foi descoberto em Aquário em setembro de 1846

1848 – Netuno entrou em Peixes e o evento foi sincrônico com o Manifesto Comunista de Karl Marx e Friedrich Engels, publicado em fevereiro de 1848. Na ocasião, o Sol estava conjunto a Netuno em Peixes

Pintura da fase do romantismo

1856– Júpiter/Netuno acontece em Peixes no mês de março e já ocorria a explosão do Romantismo em toda a sua exuberância e em todas as áreas culturais e artísticas. Paralelamente havia a 2a guerra do Ópio tendo como centro a China e ainda o advento das experiências espiritas de Alan Kardec vem à tona. No Rio de Janeiro/BR, ocorria pela 1a vez um primeiro desfile de carnaval, organizado pela Sociedade carnavalesca, em 5 de fevereiro daquele ano.

1880– Júpiter/Netuno em Áries ocorreu em julho. Por Áries ser um signo de lutas e guerras, naquele ano estávamos em plena Guerra do Paraguai, iniciada em 1865 e que durou até 1870. Nos EUA, a Guerra de Sesseção havia acabado a pouco, mas ainda por anos se contou os mortos e prejuízos sociais que ainda perduram até hoje. Nessa fase, como uma Ode ao EU, F. Nietzsche fazia sua apologia do Niilismo, a morte de Deus. A Teosofia de Mme H. Blavatsky, da qual sempre foi a líder, dava seus primeiros passos.

Imagem da Belle Époque

1881 – Júpiter/Netuno em Touro em junho – sincrônico com o pós-romantismo, realismo e simbolismo no Brasil e na Europa o Impressionismo as décadas de 1880 e 1890 foram marcadas pelo Impressionismo e a Belle Époque, uma das mais venusianas fases da manifestação humana. No Brasil são as décadas de libertação dos escravos, que desde os anos 1880, vão galgando pouco a pouco a sua liberdade, ocorrida em 1888. A Proclamação da República se dá em seguida, já que essa conjunção se deu na casa IV do mapa do Brasil, oposta ao Meio do céu.

1894 – Júpiter/Netuno em Gêmeos em junho–essa é a fase da 2ª Revolução Industrial, além de fenômenos intelectuais importantíssimos ocorrem mundo afora como o início da Psicanálise com a publicação da Interpretação dos Sonhos de S. Freud, em 1899. Era ainda a fase de infância de Fernando Pessoa e o nascimento de sua poesia.

1906/1907 – Júpiter/Netuno em Câncer em maio 1907 – fase de grande sofrencia da humanidade; como exemplo podemos citar que o Grande império Czarista começa a ruir e terá como consequência a 1ª Grande guerra em 1914, que foi seguida da Revolução Russa, momento em que o mundo se dividiu.

As vésperas do nazismo

1919 – Júpiter/Netuno em Leão em setembro – nestes anos considerados loucos, tivemos a Gripe espanhola, a fundação do Partido Nacional Socialista na Alemanha, que depois vem a ser assumido por Hitler e se torna Parido Nazista. E o surgimento de inúmeros expoentes artísticos, líderes políticos autoritários e fenômenos sociais como Josephine Barker, Aldous Huxley, Marcel Duchamps, Fritz Lang, Escola Bauhaus e The jazz Singer, o primeiro filme sonoro da História, além de Al Capone. Na política temos V. Lenin, L. Trostsky, B. Mussolini, Imperador Hiroito. No Brasil, a ocorrência da semana de 1922 e em 1929, a quebra da bolsa de NY.

No Brasil, a Era Vargas

1932 – Júpiter/Netuno em Virgem em setembro. Esta década anuncia a Grande Depressão nos EUA, a ascensão dos fascistas e nazistas na Alemanha, a 2ª República Espanhola que é seguida da Guerra Civil Espanhola e da 2ª Guerra Mundial. Na política, as lideranças são de F. Roosevelt nos EUA, J. Stalin na URSS, A. Hitler na Alemanha, F. Franco na Espanha, B. Mussolini na Itália. No Brasil, após a Revolução de 1930, surge a Era Vargas (1930/1945) e o Estado Novo em 1937.

1945 – Júpiter/Netuno em Libra em setembro – Franklin Roosevelt morre em janeiro e é substituído por vice; final da 2ª grande guerra se dá em maio e se confirma em setembro; bombardeamentos de Hiroshima e Nagazaki ocorrem em agosto; acordos de paz que se deram por todo o mundo e fundação da ONU e poucos anos depois ocorre a fundação de Israel; No Brasil, ocorre o fim do estado Novo com a deposição de G. Vargas.

Brasília Atual

1958 – Júpiter/Netuno em Escorpião em setembro – início da revolução sexual e  Guerra fria e velada; advento dos Beatles, da informática e do homem chegando à Lua. No Brasil, ocorre a construção de Brasília, a inauguração de Brasília, a eleição de Joao Goulart, o Golpe de 1964 inaugura a ditadura militar; seleção de futebol conquista seu primeiro título mundial na Copa do Mundo. Ano de nascimento de músicos famosos como Michael Jackson, Madona, Cazuza, Prince, Andrea Bocelli.

Expansão em Sagitário

1971 – Júpiter/Netuno em Sagitário em fevereiro – Ano internacional da luta contra o Racismo e a Discriminação racial, Idi Amin dá golpe de estado em Uganda e se torna o presidente; Guerra do Vietnã prossegue e há realização de passeata de 500mil em Washington contra a guerra; início da crise do petróleo quando seis cheques do Golfo Pérsico fundam os Emirados Árabes Unidos; início da defesa do meio ambiente, o caso Watergate, a revolução dos Cravos em Portugal, a independência de várias colônias como Bangladesh, Okinawa, Serra Leoa, Emirado do Barém, Catar, Omã, entre outras; ONU admite a República Popular da China, Intel lança o 1º microprocessador do mundo. No Brasil surge o milagre brasileiro e embaixador suiço é libertado por guerrilheiros da VPR – Vangarda Popular Revolucionária, em troca de 70 prisioneiros políticos; a Westinghouse ganha concorrência para construir 1ª usina Nuclear em Angra dos Reis, Pelé se despede da Seleção Brasileira de Futebol, Carlos Lamarca, líder da VPR é morto na Bahia e Reforma ortográfica é sancionada pelo presidente Emilio G. Medici.

Capricórnio, o cume da montanha

1983/84 – Júpiter/Netuno em Capricórnio em janeiro – 1a de duas conjunções em Capricórnio que vai inaugurar o paradigma capricorniano de viver, com maior extratificação da sociedade, domínio imperialista do capitalismo com maior concentração de renda, ampliação da faixa entre pobres e ricos. Surge a Internet em nível mais universal e ONU declara como Ano Internacional das Telecomunicações; Apple lança o Macintosh. Ronald Reagan é eleito presidente dos EUA com maior quantidade de votos até então. E Daniel Ortega na Nicarágua. Realização do 1º comício pelas Diretas Já em SP; nascimento de Mark Zuckerberg.

Queda das Torres Gêmeas, ainda em Capricórnio

1996/97 – Júpiter/Netuno em Capricórnio em janeiro – 2ª conjunção em Capricórnio que ocorre a 27o08 – 1996, Ano internacional da erradicação da pobreza, morrem os Mamonas Assassinas por queda de avião; Boris Iéltsin é eleito presidente da Rússia, Bill Clinton é eleito presidente dos EUA; no Brasil, caso do ET de Varginha, Paulo Cesar Farias e namorada são encontrados mortos, 19 membros do MST são mortos no Massacre dos Carajás/PA, Voo TAM 401 cai e deixa 99 mortos, Torben Grael e Marcelo Ferreira ganham 2as medalhas de ouro em Iatismo mundial; 1997, Bill Clinton começa 2º mandato, surgem os 1os jogos eletrônicos que vendem milhares de unidades; morre Paulo Freire; Fim do Império Britânico; morre Diana – princesa de Gales; no Brasil, o Senado prova a reeleição de prefeitos, governadores e presidente da república e MST coloca 40 mil pessoas nas ruas de Brasília contra governo FHC.

2009/10 – Júpiter/Netuno em Aquário em dezembro– 2009 foi designado pela ONU como Ano Internacional da Astronomia, das Fibras naturais, da reconciliação, da Aprendizagem sobre Direitos Humanos e do Gorila; a República Popular da China torna-se a 3ª economia do mundo, superando a Alemanha, Voo US Airways 1549, faz pouso de emergência sobre o Rio Hudson em Nova York em que todos os 155 ocupantes são salvos; Barack Obama toma posse na presidência dos EUA; grande explosão em Gaza conhecida como Chumbo Fundido; Nadya Suleman dá à luz a octuplos na Califórnia; G20 anuncia injeção de 1 trilhão de dólares para conter crise mundial e Unesco anuncia a Biblioteca Digital Mundial; Petrobras faz a 1ª extração de petróleo da camada do pré-sal em Tupi; Agencia espacial Europeia lança o Observatório Espacial Herschel; Vôo da Air France 447 cai com 228 pessoas a bordo, num voo do Rio de Janeiro para Paris; morre do cantor Michael Jackson em junho;

Barack Obama, o 1o presidente negro dos EUA

Vôo Yemenia 626 com 153 pessoas a bordo cai no Oceano Índico e apenas uma criança sobrevive e Voo Caspian Airlines 7908 com 168 pessoas a bordo cai no noroeste do Irã; em julho ocorre maior eclipse do século XXI, Rio de Janeiro é escolhido para sede das Olimpíadas de 2016, blecaute atinge 18 estados brasileiros e o Paraguai, José Mujica é eleito presidente do Uruguay.

 

2010, as Obras de S. Freud tornam-se de domínio púbico; chuvas torrenciais desabam morros em Angra dos Reis e destroem patrimônio histórico de São Luís do Paraitinga; República Popular da China bate novo recorde de maior exportadora de produtos do mundo; Portugal aprova casamento entre homossexuais; terremoto de 7 graus na escala Richter avassala o Haiti e mata 230 mil pessoas, deixando ainda 1 milhão de desabrigados; Vôo Ethiopian 409 e mata 90 passageiros; Apple lança o IPad; filme Avatar é lançado e supera a bilheteria de Titanic; apagão no Norte e Nordeste brasileiros, temporal na ilha da Madeira deixa 47mortos, 250 feridos e 600 desabrigados e temporal de 8,8 no Chile deixa mais de 800 mortos e lança alerta de tsunami no pacifico; Grande Colisor de Hadrons faz conquista inédita; Rodoanel é aberto em SP unindo o porto de Santos ao sul do Brasil, terremoto de 6.9 ocorre na China e deixa 1,9 mil mortos e 10 mil feridos, Explosão de plataforma de petróleo da BD promove um dos maiores desastres ambientais dos EUA; é realizado o primeiro transplante facial da história; Vôo Air India Express 812 explode no aeroporto de Mangalore e mata 158 pessoas e Vôo Afrykiah Airways 771 cai na Líbia antes de pousar e morrem 103 pessoas; Incêndio no Instituto Butantã destrói 500 mil amostras de animais ou a maior coleção do mundo de espécimes de região tropical; Irã, Turquia e Brasil fazem acordo sobre troca de combustíveis nucleares, XIX Copa do mundo foi na África do Sul; morre Jose Saramago; terremoto de 5,8 na ilha de Java e outro de 7,1 no Equador não deixam consequências; OMS declara fim da pandemia da H1N1 desde 2009 com saldo de 18 mil casos fatais; TV brasileira comemora 60 anos, Dilma Roussef ganha eleição de presidente do Brasil, população brasileira atinge 190 milhões de habitantes no Censo de 2010, Alemanha quita dívida de 269 bilhões de marcos alemães conforme Tratado de Versailles; surgem as redes sociais que tornam o movimento da globalização mais forte, assim como a robotização, a fibra ótica e o acordo ortográfico de 1990 entra em vigor no Brasil.

Peixes

2022 – Júpiter/Netuno em Peixes em abril – podemos estimar que 2022 será um ano de explosão cultural e artística em todo o mundo; que haja manifestações humanitárias ou em prol de direitos humanos, saúde física e mental, ampla doação de vacinas à países pobres e carentes, amplo trabalho humanitário tanto com refugiados quanto com imigrantes estrangeiros, povos originários e em condição de pobreza extrema que necessitem de ajuda, manifestações positivas em favor do meio-ambiente, manifestações ecumênicas em prol de várias causas e tantas outras. Problemas econômicos por aumento de inflação. Problemas de contaminação de doenças pelas águas. Drogadição em alta! Quem viver verá!

 

4 COMENTÁRIOS

  1. Assisti também pelo Cinastro e sem dúvida foi uma das melhores apresentaçoes. Mais uma palestra sua maravilhosa! Voce tem um conhecimento profundo e sabe transmiti-lo, com clareza, simplicidade e de um modo simpático e agradável. Parabens!
    Tenho uma dúvida: no seu site, onde posso ver a descriçao do efeito desta Conjunçao na Casa 11? Obrigada

    • OLà, obrigada de novo, Elizabeth. Fico feliz com seu aproveitamento e aprendizado. Logo abaixo da palestra no meu site, vc tem um texto sobre o significado das casas astrologicas. Veja por ali, por enquanto. Ainda não tive tempo de publicar no texto mesmo.

    • Olá, obrigada pela audiencia e aproveitamento! Logo abaixo da palestra no meu site, vc tem um texto sobre o significado das casas astrologicas. Veja por ali, por enquanto. Ainda não tive tempo de publicar no texto mesmo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here