Lua Cheia em Libra – 2017

A Lua Cheia desse ciclo será no dia 11 de abril, às 3h08, em Libra. O Sol em Áries estará conjunto ao rebelde e revolucionário Urano e a Lua estará conjunta ao expansivo Júpiter. Entre eles e em ângulo tenso orbita Plutão, o todo-poderoso, indício de mais uma semana de confrontos entre poderosos, que podem atingir picos de imprevisibilidade e inconsequência, como temos visto ocorrer amiúde. É briga de cachorro grande, não é pra qualquer um!

Por sincronicidade, sempre que ameaçados, qualquer dos planetas transpessoais são capazes de realizar fortes guinadas e radicais transformações, tendendo a usar e abusar de seu poder. Na Lua cheia, momento de maior emissão de energia do ciclo, os confrontos tendem a chegar ao auge, atingindo a todos nós aqui embaixo, mas mais especialmente os nativos do 3º decanato de Áries, Libra, Câncer e Capricórnio.

Vários planetas caminham retrógrados no céu e cada um a seu modo propõe revisões e reflexões. Júpiter já recuava

Júpiter

desde fevereiro e sentimos na pele que era preciso rever excessos de todo tipo, assim como percebemos a diminuição dos recursos, do dinheiro, da alegria e do entusiasmo em circulação, além da quebra da paz e da harmonia, próprios do planeta que transita em Libra.

Vênus está no final de Peixes e pede revisão tanto dos relacionamentos e dos valores que os apoiam, como dos gastos e prazeres, indicando que ambos deviam estar abusivos. Agora em confronto com Saturno, a pequena benéfica deve enfrentar o máximo de dificuldades desse recuo, em ambos os quesitos.

É hora de revisão das relações em geral, desde as pessoais, afetivas ou comerciais, até as internacionais e políticas. Assistiremos a crise financeira se acirrar e tudo isso nos afetar a todos, mas principalmente os nativos do último decanato de Peixes, Virgem, Gêmeos e Sagitário.

Aliás, tais nativos estão sendo convocados a fazer forte reflexão sobre algum tema de suas vidas e devem aprofundá-
lo pra que possam decidir se conseguem abandonar o passado e abraçar o futuro, que acena com mudanças drásticas. Como Saturno é o velho sábio e rege as leis do carma, o assunto não é pequeno, não é banal e requer meses de auditoria pra que se tome uma decisão, o que normalmente implica em dor e desapego. Em retrogradação desde o último dia 5 de abril, dia do ataque dos EUA à Síria, Saturno só retoma o movimento direto em final de agosto, caminhando por todo o terceiro decanato dos mesmos signos.

Na área do nosso mapa onde Saturno está transitando, somos convidados a rever e reavaliar tais temas, seus núcleos e periferias, sua maior ou menor estrutura e a enfrentar os obstáculos, superar as limitações, ultrapassar os limites e corrigir as rotas do nosso caminho com esmero e sabedoria. É preciso continuar lapidando nosso destino através dos quase-trinta anos que o planeta leva pra fazer um ciclo completo em nosso mapa, dispendendo dois anos e meio em cada casa ou assunto de nossas vidas. Ao completar o ciclo, começa tudo de novo. Se já aprendemos a lição, na 2ª passagem o assunto retorna mais leve; senão, há uma nova chance de aprender a lidar com o mesmo. Essa é a lei do tempo e do carma.

Saturno é Cronos, o senhor do tempo, planeta que rege a maturação e estruturação que cada coisa, situação, individuo ou nação demanda pra atingir seus propósitos e obter resultados palpáveis e objetivos. Como representante do elemento terra, Saturno nos mostra que qualquer transformação no plano físico leva tempo, pede cozimento e muita paciência.

Essa retrogradação de Saturno é especial porque se dá no centro da nossa galáxia, entre os graus 25 e 30 de Sagitário, onde o planeta está. Mais do que nunca devemos refletir sobre qual é o nosso propósito enquanto humanidade, qual é o sentido de ser humano e de estar aqui e agora nesse planeta tão atormentado pela nossa presença e atuação tão nefastas? Será que nossa atuação individual colabora pra melhorar o mundo ou corrobora pra piorar esse estado de coisas? É preciso refletir porque tudo começa no indivíduo.

Alguns astrólogos defendem que esse é o ponto mais forte de um Mapa Astrológico, depois do regente do mapa, por considerarem esse Centro Galáctico como o Sol do nosso Sol, o ponto de maior emissão de energia de toda a galáxia. Dizem ainda que a consciência individual, independente do desafio do Sol natal de cada um, sempre procura se conectar com essa fonte inesgotável de energia. É claro que os indivíduos que possuem posições natais nas regiões do zodíaco conectadas com essa faixa, vão se sentir mais convocados a se tornarem missionários de alguma bandeira. Mas há os missionários do contra e os missionários a favor, é obvio. Quem quiser compreender melhor os movimentos astrológicos e sua conexão com os fatos políticos e econômicos, não perca a leitura da coluna Torre de Babel, aqui mesmo nesse site: http://www.clubedotaro.com.br/site/r63_Rui_Babel.asp

Via Láctea

E não para por aí. No domingo, dia 9 de abril é a vez de Mercúrio entrar em retrogradação. O papel de Mercúrio como mensageiro é o de traduzir o mundo para o Sol e o Sol para o mundo, já que ele é o primeiro planeta que órbita em torno do nosso astro-rei: é a mente traduzindo a vida cotidiana pra consciência. Como se fosse o nosso software, Mercúrio rege o pensamento, a aprendizagem, a capacidade de trocar, comercializar, se comunicar, ligar e desligar a mente, atar e desatar, plugar e desplugar, emitir sinais, sinapses, contatos, ligações, conexões, cognições e assimilar tudo isso através da memória. Ele rege ainda o sistema nervoso, o funcionamento dos nossos sentidos, da nossa intelecção, influencia a nossa maneira de pensar, nossa inteligência e direciona os nossos interesses.

O planetinha transita em Touro e ao retrogradar pede recuo, revisão e reflexão de temas como finanças e seus diversos ramos de atividade, recursos naturais, agricultura, pecuária, meio ambiente e meios de produção, além dos que naturalmente já rege como comunicação, comercio, transportes, documentos e papéis. O evento atinge a todos nós, mas principalmente os nativos do 1º decanato de Touro, Escorpião, Leão e Aquário. ‘Bora refletir então! (Veja abaixo as tendências pro seu signo. E, se você conhece o seu signo  ascendente, leia o texto relativo ao mesmo também)

ÁRIES – Lua Cheia é muito importante pra você porque põe suas relações em foco. Se tudo vai bem, basta comemorar. Senão, deve refletir a respeito e fazer as devidas mudanças pra recuperar a paz e harmonia. O outro anda em fase crítica e cabe a você ser mais compassivo e compreensivo. Olho vivo na área profissional e nas finanças. Confie desconfiando.

TOURO – dois planetas caminham em seu signo: Mercúrio no 1º decanato anda para trás, o que pede atenção dos nativos a todos os temas financeiros e às palavras, que devem ser proferidas adequadamente; Marte caminha no 3º decanato e pode estar ajudando muito você a tomar decisões e ampliar fronteiras tanto afetivas quanto intelectuais. Olho vivo na saúde.

GÊMEOS – Cheia ativa os deliciosos temas relacionados aos afetos, criatividade, amizades e projetos futuros, acelerando as tendências. Mas vá com calma pra não cometer excessos, controle a ansiedade. Profissional em foco apresenta desafios e morosidade. Seu regente avisa: nem tudo que imagina estar sob seu domínio, na verdade está. Questione-se.

CÂNCER – essa Cheia ilumina dois importantes setores de sua vida: o lar e a família, sua atuação social e profissional: será uma grande semana. Mas deve estar de olho nas relações porque alguma delas pede cuidado, atenção e delicadeza pois trata-se de alguém que você ama e de quem se distanciou. Projetos futuros e finanças devem sofrer revisão profunda.

LEÃO – Lua Cheia vai mexer com setores bem estimulantes e comprovar se seus esforços de expansão e de comunicação estão dando resultados. Se não, há tempo de corrigir rotas ainda. No dia a dia deve ficar de olho porque as coisas podem não estar andando como deseja: faça as transformações necessárias. Cuide das palavras, das finanças e da imagem pública.

VIRGEM – fase cheia ilumina suas finanças e economias; mas também as relações mais profundas, sejam elas afetivas ou comerciais. Alguma de suas relações íntimas, familiar ou não, pede profunda revisão: que tal considerar inclusive uma mudança de casa para os próximos meses. Cuide dos seus filhos e da sua criatividade, faça revisão dos seus valores.

LIBRA – Lua cheia sobre seu signo vai coroá-lo com belas comemorações e profunda compreensão sobre seus afetos, parcerias e sociedades. Sua regente em fase de reavaliação das tarefas cotidianas, pede reorganização para não comprometer a saúde. Se tudo aponta pra uma mudança radical em casa ou de casa, o que você está esperando?

ESCORPIÃO – cheia demonstra claramente que o dia a dia está sobrecarregado e pode estar afetando a sua saúde. Depois de uma semana de belos e profundos entendimentos em parceria, mantenha o clima de cooperação e harmonia com tais conquistas. Esta difícil agradar os amores porque exigem grandes dispêndios financeiros? Seja mais criativo.

SAGITÁRIO – cheia evidencia e premia seus investimentos nos projetos futuros. Se não estão do seu agrado ainda, corrija rotas, mas insista no tema. Se for do 3º decanato está com desafios de relacionamento e quiçá em temas mais profundos. Não se esquive dessa oportunidade de rever o passado, pra quando o futuro chegar, poder abraçá-lo com convicção.

CAPRICÓRNIO – Lua cheia será desafiante já que você esse encontra em cheque-mate por pressão em dois assuntos importantes de sua vida: o lar e a família, o status social e profissional. Dica: aprofunde-se espiritualmente, mergulhe em si mesmo, reflita e não sossegue enquanto não encontrar respostas bem claras. Elas estão dentro de você.

AQUÁRIO – você vai adorar essa Lua cheia que evidencia tudo o que mais gosta: novos interesses,  novas fronteiras,  novos afetos e novos projetos futuros. Bom, né? As finanças, no entanto, pedem profunda revisão: mergulhe! Em casa, tudo transita bem, apesar de em ritmo bem provocador e apimentado. Cuide das palavras e dos mais jovens.

PEIXES – agora em seu signo, Vênus exige revisão de finanças e de relacionamentos, sejam pessoais ou profissionais. Projetos futuros que envolvam a comunicação ou a criação de artigos ou discursos devem ser o centro da sua atenção, porque têm grandes chances de trazer dividendos. Cheia também evidencia o assunto e já traz alguns resultados. Siga investindo.